Será que a criação de cães para lucro e competições está contribuindo para cães menos saudáveis e sem-teto?

Nichola Brooks

UCLAN University

 Reino Unido

 

O desejo de fazer a criação de cães

A criação de cães é uma indústria próspera e a demanda por raças de cães específicas tem aumentado significativamente nos últimos anos. Celebridades são muitas vezes vistas com o que se acredita ser 'designer dogs' (cães feitos sob medida), incluindo raças como Chihuahuas, Pugs, Spaniels, tipos de Bull dog e protótipos em miniatura géneticamente criados a partir de várias raças diferentes. Criadores de cães estão se regalando devido a uma indústria crescente, e fazendas de filhotes são mais populares do que nunca. Mas, é possível que essa demanda e desejo por 'designer dogs' esteja resultando em animais menos saudáveis? Poderia esta criação extensiva estar contribuindo para uma enorme população de cães indesejados, desabrigados e abandonados?

Protótipos genéticos e seus problemas

Muitos anos de programas controlados de criação de cães têm permitido um significativo desenvolvimento genético em muitas raças. Criadores desenvolveram programas de criação para produzir cães que serão comprados devido à sua fofura, tamanho e cor específicos. Esta demanda por tipos específicos de cães com pedigree tem contribuído para o desenvolvimento de tais programas de melhoramento genético. Raças como o Pug ou Chihuahua são reconhecidas pela sociedade como mais fofas e como animais de estimação mais desejáveis. Criadores se aproveitam deste ponto de vista social e continuam a produzir esses tipos de cães, usando principalmente técnicas de endogamia. Muitos traços genéticos indesejáveis são encontrados em cães com pedigree, desde bulldogs criados para terem cabeças grandes que são incapazes de dar à luz a filhotes, até problemas neurológicos em Spaniels criados para terem cabeças muito pequenas.

Os cães são ancestrais do lobo cinzento (Canis Lupus Lupus). É difícil de imaginar que o pequenino Lulu da Pomerânia é de fato relacionado com o lobo, mas anos de reprodução seletiva e manipulação genética nos deram os muitos fenótipos das raças caninas que vemos hoje. A maioria das raças caninas com pedigree herdaram genéticamente problemas de saúde, e são os cães híbridos (mestiços), que tendem a ser mais saudáveis e a ter uma vida mais longa do que seus parentes mais caros e artificialmente selecionados. Para alcançar as características genéticas desejadas, muitos cães "ideais" são procriados consanguineamente para produzir indivíduos quase genéticamente idênticos. Isto significa que os problemas de saúde herdados destes cães continuarão a ser transmitidos de uma geração a outra.

Muitas sociedades caninas e entusiastas de exposições de cães se esforçam para estarem em conformidade com os padrões da raça. Juízes de exposições de cães atribuiem prémios para características específicas de cada raça, definida por padrões da raça acordados. Um bom exemplo é o pastor alemão. Estes cães são muitas vezes criados para mostrarem níveis elevados de padrões da raça, enfatizando características específicas desejáveis, tais como costas muito longas, patas traseiras pequenas e ombros altos. Enquanto se esforçam para alcançar essas características, as pessoas ignoram as consequências de tal manipulação genética. Essa ignorância leva à cães com problemas de saúde genéticamente herdados, tais como problemas de coluna, falta de coordenação dos membros, graves problemas pélvicos e nas pernas posteriores, displasia de quadril e epilepsia. Isso não quer dizer que todos os pastores alemães são muito doentes. Muitos tipos originais da raça,  não tendo sido submetidos a reprodução seletiva estrita,  não são portadores de doençaa e são saudáveis, podendo ser comumente vistos trabalhando com a polícia. São os cães que foram criados com ênfase em uma característica específica, geralmente para mostras ou prêmios, que sofrem os efeitos de problemas genéticos. Muitas vezes vistos em exposições de cães, pastores alemães são apelidado de "cães sapo", devido à deformidades graves e descoordenação de suas patas traseiras resultantes de serem geneticamente manipulados para terem as costas mais longas e inclinadas.

Outro exemplo de um 'designer dog' em perigo é o Pug. O Pug tem sido vítima de reprodução seletiva que levou a uma cara muito achatada com um focinho quase inexistente. Como resultado da seleção artificial, Pugs sofrem de problemas respiratórios crônicos, olhos dilatados e salientes que são propensos a lesões e infecções, uma cauda enrolada que é resultado da deformidade da coluna vertebral e muitos são conhecidos por muitas vezes desmaiarem de exaustão pelo calor devido a uma incapacidade de ofegar e esfriar naturalmente como os outros cães. No Reino Unido, a maioria dos Pugs são o resultado de endogamia. Com milhares de Pugs vivendo no país, pouquíssimos são os que não são genéticamente relacionados. O Pug é uma representação perfeita de como a reprodução seletiva com a finalidade de uma aparência estética em cães pode ser prejudicial.

Procriação excessiva e fazendas de filhotes

Criadores de cães famintos por dinheiro estão constantemente criando mais e mais cães em todo o mundo. O número de cães que estão sendo criados devido à demanda do público supera em muito o número de potenciais proprietários. Consequentemente existem muitos cães que acabam desabrigadas e  indesejados. Abrigos de animais estão cheios até a boca com cães indesejados e abandonados. Existem muito poucos abrigos que têm espaço e capacidade para recolher mais cães, então o que vai acontecer com essas pobres almas que foram criados simplesmente visando o lucro? Muitos cães vão morrer de fome nas ruas, serão atropelados por carros, serão utilizados em lutas de cães até que eles morram de seus ferimentos ou serão eutanasiados, porque não há ninguém para adotá-los.

Cães mantidos e criados em fazendas de filhotes são muitas vezes submetidos à crueldade pois os criadores estão preocupados em diminuir custos para aumentar seus saldos bancários e não tem nenhum interesse no bem-estar dos animais. Cães de fazenda de filhotes são frequentemente mantidos em jaulas muito pequenas durante o dia todo, todos os dias. Podem haver muitos cães em cada jaula o que resulta em ferimentos devido à superlotação. Os cães não tem exercício, nutrição e higiene adequados, pois os criadores tentam cortar custos. Se espera que os cães de raça reproduzam constantemente e esses são insemidaos para produzir ninhada após ninhada sem períodos de descanso entre elas. Isso é gravemente prejudicial para a saúde do cão e da prole. Os cães são tratados como máquinas cujo o objetivo é simplesmente de trazer lucro, uma vez que param de trabalhar, não há razão para o que o criador os mantenham vivos.

O que você pode fazer para ajudar?

Compartilhe o seu conhecimento! É importante conscientizarmos as pessoas do impacto da criação seletiva de cães e da procriação excessiva. Muitas pessoas desconhecem as consequências para a saúde dos cães com pedigree genéticamente manipulados. É nosso dever ajudar os potenciais proprietários de cães a fazerem uma decisão mais informada antes de comprarem seu novo melhor amigo.

Você está pensando em ter um cachorro? Considere um cão híbrido, pois mestiços são genéticamente mais saudáveis e vivem mais tempo também! Pense cuidadosamente sobre onde comprar o seu cão. É uma idéia fantástica adotar um cachorro em um abrigo perto de você. Isto dará a um cão indesejado uma segunda chance na vida e vai liberar espaço no abrigo para outros cães desabrigados. Comprar um cão em um abrigo é muito mais barato do que comprar de um criador e seus fundos serão usados para ajudar mais cães!

Os abrigos de animais estão sempre precisando de doações. Desde doações em dinheiro para ajudar a comprar comida, até doações de cobertores, latas de alimentos ou brinquedos para cachorros. Você tem algo guardado no porão que poderia ajudar um cachorro em necessidade? Doe!

Evite comprar de fazendas de filhotes ou criadores. Quanto menos as pessoas comprarem deles, o mais provávelmente eles irão parar de procriar excessivamente e com a crueldade subsequente. Esclareça as pessoas para os efeitos nocivos da reprodução seletiva para características específicas em exposições de cães locais. Quanto mais conhecimento nós compartilhamos, mais bem sucedidos poderemos ser em possíveis mudanças de padrões das raças.

Castre os seus animais para ajudar a reduzir a reprodução excessiva e o número enorme de cães indesejados.

Lembre-se, um cão não é um acessório de moda que você pode deixar de lado na próxima temporada!

Continuamos a enviar os pacotes "Get Involved" do ISF College. Neste pacote você vai encontrar todas as ferramentas necessárias para começar a se envolver. Se você estiver interessado em receber um pacote, envie um email em inglês[2] para: college@isfoundation.net. Por favor, inclua a instituição educacional que você  frequenta e o que você está estudando. Se você já nos enviou um e-mail, mas não recebeu um pacote, por favor verifique sua pasta de spam e se o nosso email não estiver lá, então nos envie outro e-mail e vamos respoder assim que possível!

Estamos sempre à procura de contribuintes de artigos! São pessoas como você que compartilham suas paixões e querem informar o público. Por favor, envie os seus artigos em inglês! Envie suas idéias ou seu artigo  em inglês[2] para college@isfoundation.net.

Caros leitores, por favor, lembrem se de que este artigo está sendo fornecido sujeito aos Termos e Condições da ISF(informações em inglês)[1].

N. do T. :

  • [1]Onde possível a ISF tenta providenciar alternativas em português ás links e textos originalmente em inglês. Porém muitas vezes esta informação não existe ou o conteúdo do website na língua traduzida difere do artigo original. Se este for o caso, por favor procure ajuda de alguém que seja fluente em inglês para lhe ajudar a ler o conteúdo original. Nós da ISF não queremos que você se sinta desencorajado por não poder ler o conteúdo em inglês, então persevere!
  • [2] Por favor, envie todas as suas mensagens e comunicações em inglês. Lamentávelmente  nós não podemos lidar com mensagens em outras línguas neste momento. Porém, nós não queremos que você se sinta desanimado, por isso, peça ajuda a alguém que seja fluente em inglês, pois nós queremos muito poder nos comunicar com você!